200 anos da Barra de Aveiro

Loading...

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Lugre - Patacho "Gazela Primeiro"

A Pesca Longínqua a bordo do Lugre-Patacho Gazela Primeiro.


Numa época, em que a pesca do bacalhau atravessava sérias dificuldades, urgia, por questões competitivas, dispor de navios maiores e de melhor qualidade.

O "Gazela Primeiro" surge como uma solução, foi mandado construir para transportar pescadores para a pesca do bacalhau nos Grandes Bancos da Terra Nova e tinha capacidade de transportar cerca de trinta Dóris.

O Veleiro foi construído no estaleiro de J. M. Mendes, em Setúbal, Portugal. Os registos, relativos à sua actual forma, datam de 1900, mas existe uma clara evidência de que as madeiras usadas na sua construção são do navio Gazella (com 2 L’s) que foi construído em 1883 em Cacilhas. Pinho português foi a principal madeira usada no casco e coberta, enquanto o mastros e vergas são de Pinheiro-do-Oregon (Douglas fir).

Este lugre-patacho foi sujeito a uma terceira remodelação em 1938, introduzindo um motor de propulsão.

A sua última campanha data de 1969. É propriedade do Museu Marítimo em Filadélfia desde 1971 e foi rebaptizado de Gazela of Philadelphia.



Fonte: Museu da Marinha.

1 comentário:

reimar disse...

Boa noite,
Só hoje tive oportunidade de ver este texto sobre o lugre-patacho "Gazela Primeiro", na sua ligação à pesca do bacalhau.
Ao contrário da informação disponibilizada sobre o navio, devo informar que o "Gazela" tem actualmente 175 anos de existência, sendo por esse motivo o veleiro de comércio e pesca mais antigo do mundo.
Simultaneamente devo também explicar, que o navio não poderia nunca ter sido construído em Cacilhas, pelo simples facto de lá ter estado por 2 meses (de Fevereiro a Abril de 1883), sendo reparado com madeiras do Brasil, continuando a operar no comércio e na pesca da baleia.
Do mesmo modo também não foi construído em Setúbal, primeiro porque já existia e segundo porque a construção naval estava proibida no país, em resultado de medidas proteccionistas em relação à Inglaterra, relacionadas com o "Ultimatum de 1891". Foi portanto reconstruído, conforme consta na documentação oficial disponível no país.
O "Gazela", depois "Gazela Primeiro" armou para a pesca do bacalhau em Abril de 1896, data em que o comando do navio foi entregue ao capitão Paulo Fernandes Bagão, de Ílhavo.
Cumprimentos,
Reinaldo Delgado