200 anos da Barra de Aveiro

Loading...

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Ligação ferroviária: Somague abre caminho para a ferrovia até ao porto


As obras de construção da ferrovia da linha do Norte até ao porto de Aveiro estavam ontem em curso junto à A-25, nas imediações do terminal TIR-TIF. Marcava-se o percurso e continuavam as sondagens... veja a noticia do Diário de Aveiro
A Somague Engenharia está a desenvolver os trabalhos de sondagens para as fundações e aterro e marcação do percurso da ligação ferroviária, que irá ligar a linha do Norte até ao porto de Aveiro.

Ontem, os trabalhos desenvolviam-se junto ao terminal TIR-TIF e ao Canal do Rio Boco, nas proximidades do local onde a empresa montou o estaleiro. As sondagens, que ainda irão durar cerca de um mês, são complementares a outras já feitas pela REFER, empresa dona da obra, e servem para confirmar as condições do terreno onde irá ser construída a obra da ligação ferroviária. Na zona onde ontem se marcava o percurso, a ligação irá passar ao nível do solo, enquanto que para Norte, a ferrovia será construída em viaduto, paralelamente à margem direita do Canal de S. Roque, à A-25, ao interceptor do Sistema Integrado Multimunicipal de Recolha, Tratamento e Rejeição dos Efluentes Líquidos da Ria de Aveiro (SIMRIA), cruzando o Canal da Esgueira, o Canal de São Roque, o Canal das Pirâmides. Associada ao projecto está a construção da Plataforma Multimodal de Cacia, uma obra também em curso, já consignada a 11 de Janeiro último, que assegura a ligação à rede convencional. Entretanto, realizam-se as marcações, as sondagens, os trabalhos de desmatação e iniciam-se as terraplanagens e betonagens da futura ferrovia. Trata-se da primeira fase da empreitada da Ligação Ferroviária ao Porto de Aveiro, entre Cacia (km 0+000) e o Viaduto de Acesso à Ponte da Gafanha, entregue à Somague Engenharia S.A, por 27.793.297,74 euros com um prazo de execução de 730 dias. A segunda fase é a construção do Ramal Ferroviário de Acesso ao Porto de Aveiro e a terceira as Via-férrea entre o km 0+000 e o Porto de Aveiro e 1ª Fase dos Feixes Ferroviários do Porto de Aveiro.

O projecto ferroviário representa um investimento de cerca de 84 milhões de euros e é uma obra apontada como «decisiva na melhoria da competitividade da infra-estrutura portuária e do transporte ferroviário de mercadorias».

O traçado de ligação ao porto de Aveiro tem uma extensão total de cerca de 8,8 quilómetros, iniciando-se a sudoeste de Mataduços e terminando a norte da Gafanha da Nazaré, junto ao Terminal Norte do Porto de Aveiro. Serão várias as obras de arte ao longo do percurso. Um viaduto nascente de acesso à Ponte das Pirâmides, com 2.823 metros; um viaduto poente de acesso à Ponte das Pirâmides, com 976 metros; Ponte das Pirâmides, com 75 metros, correspondente a um vão central de 75 metros e a vãos laterais de 25 metros, dois de cada lado do vão central; a Ponte da Gafanha, com um comprimento de 197 metros, correspondentes a cinco tramos intermédios com 30 metros e tramos extremos com 27 e 20 metros.

Entre o Rio Bouco e a entrada do porto, o traçado atravessa a Gafanha da Nazaré, uma zona sinuosa, dada as características urbanas. Segundo o plano, «neste troço está prevista a construção dos restabelecimentos e obras de arte da futura Via de Cintura Portuária, que garantirão a ligação da povoação da Gafanha com a área portuária, e a construção de passagens desniveladas ao Ramal Ferroviário de acesso ao Porto de Aveiro».

Fonte: Diário de Aveiro.

3 comentários:

vazdesign disse...

ola
primeiro parabens pelo blog.

gostava de saber onde se pode ver o projecto da linha.
se sempre passa na avenida dos bacalhoeiros ou não.

será que pode ajudar?

cumprimentos
Hugo VAz

Autor: Carla Ferreira disse...

Olá Hugo,

Obrigado pela sua mensagem.

Tenho conhecimento que realmente a linha irá passar pela avenida dos bacalhoeiros, inclusive algumas pessoas já foram devidamente indemnizadas.

Quanto ao projecto da linha, ainda não tive acesso a ele, no entanto já fiz alguns contactos nesse sentido … e em breve conto colocar aqui no meu blog.

Fique atento!!!

Cumprimentos
Carla ferreira

Isabel Padinha disse...

Olá, como moradora da Av. dos Bacalhoeiros registo o facto e as obras em frente às casas, nos passeios e estrada não estarem terminadas. As fotos na net e jornais não mostram a realidade. As empresas responsáveis devem ter problemas de coordenação dos serviços e desde o dia 23 que ninguém vem concluir os trabalhos. Como estamos num país de faz de conta até já querem fazer a inauguração de algo que está longe de terminar. Devem estar à espera que se tirem fotos reais do caos existente para serem publicadas na net ou enviadas a jornais sérios que retratem a realidade. "RIDICULUS"